NOTÍCIAS AJKP

05 Dezembro 2018

AJKP Celebra protocolo com a Taipas Turitermas

Ler mais

27 Novembro 2018

Está a chegar o II Estágio de Formação de 2018/2019

Ler mais

25 Novembro 2018

V Gala AJKP, uma noite inesquecível

Ler mais

Associação Juvenil de Karaté Portugal

Somos uma associação sem fins lucrativos, que tem como principal propósito ajudar a transformar vidas, através do desporto e da filosofia da arte marcial Karaté. Estamos em todo o alto minho.

CONHEÇA-NOS MELHOR

Sabia que...

O Karaté é uma importante ferramenta de desenvolvimento das capacidades físicas como flexibilidade, força e equilíbrio. Aspetos vitais para crianças em fase escolar.

SAIBA ONDE PODE PRATICAR

Direção Técnica

Filipe Ferreia, 5º Dan, Licenciado em Educação Física e Desporto

Saiba Mais

Beneficios do Karaté

Descubra o que o Karaté pode fazer pela sua saúde física e mental

Ler esta informação

Formação

Resultados Estágios de Formação

Consulte os Resultados

Vídeos

Assista a exercícios, técnicas e momentos de descontração da AJKP

Saiba Mais
NA PRIMEIRA PESSOA

O Karaté é uma arte marcial á qual me foi desafiado a participar á 3 anos atrás. Levei este desafio com bom agrado, após isso nunca mais parei. No karaté procuro encontrar o equilíbrio entre o corpo, a mente e o espirito, de maneira a ser uma pessoa melhor. Como tal, no Karaté não só se formam campeões, mas sobr...

Valdemar Pires

Engenheiro Industrial

O meu nome é Sara Rodrigues, tenho 18 anos e pratico karaté á 11 anos. É um desporto que acompanhou o crescimento ao longo destes anos e contribuiu de forma impactante para o meu desenvolvimento físico e pessoal. De facto, quando iniciei esta pratica nunca imaginei que me poderia trazer tantos benefícios e, principalmente, um sentimento d...

Sara Rodrigues

Estudante

Tenho um filho autista e uma filha aluna do Sensei que é “normal” mas muito especial! Depois de um grande amigo me ter aconselhado o professor Filipe Ferreira, desde a primeira conversa que tivemos a minha intuição de mãe não falhou!!! A Lara ...

Adriana Costeira Salgado

Mãe

À primeira vista e aos olhos de uma pessoa comum, o Karaté é visto como uma arte marcial de autodefesa e como uma modalidade de desporto de competição. É um desporto que nos promove o bem-estar físico e proporciona-nos um estilo de vida mais saudável. Para mim, como praticante, vejo-a também de forma diferente. É obvio que a ...

Jorge Silva

Gestor de Compras

O autismo pode ser combatido através do Karaté, e o meu Pedro é um exemplo perfeito, graças à dedicação do sensei Filipe Ferreira, que tem uma sensibilidade extraordinária e que ajudou o meu filho a ser a criança feliz e confiante que é! Nunca lhe poderei agradecer o suficiente pelo que fez pelo meu e por tantas outras crian&...

Raquel Portela

Médica Veterinária

O Karaté tem a capacidade de nos fazer acreditar em nós. Nos últimos tempos, começo cada vez a acreditar mais que evoluir é o caminho, é o objetivo principal da nossa vida e o Karaté ajuda-nos a fazê-lo, em vários aspetos até. É uma arte marcial que tem imensas componentes, há a progressão a...

Francisca Moura

Estudante

Tive a sorte de iniciar o meu caminho como karateca há 9 anos atrás, um caminho percorrido sobre valores característicos de uma cultura de respeito, honra e dignidade. Quando iniciei, encontrava-me na complicada fase de transição da adolescência para a vida adulta, e hoje, olhando para trás, percebo o quão importante o Karaté foi nes...

Tiago Marques

Advogado

Tendo sido um atleta com formação juvenil desportiva ligada ao futebol  e atualmente como praticante de karaté, consegui desde logo perceber várias diferenças entre os respetivos desportos, sendo que os mais relevantes se apresentam ao nível da disciplina e do controlo. Como praticante de karaté, este desporto, para alé...

Alberto Freitas

Polícia de Segurança Pública

Gostaria de saber mais informações?
Fale connosco.

NA PRIMEIRA PESSOA

  • Tenho um filho autista e uma filha aluna do Sensei que é “normal” mas muito especial! Depois de um grande amigo me ter aconselhado o professor Filipe Ferreira, desde a primeira conversa que tivemos a minha intuição de mãe não falhou!!! A Lara é também hoje uma criança muito mais feliz, focada e segura! Realmente este ser é de uma sensibilidade extrema e está na profissão certa!!!!

    • Adriana Costeira Salgado
    • Mãe
  • O autismo pode ser combatido através do Karaté, e o meu Pedro é um exemplo perfeito, graças à dedicação do sensei Filipe Ferreira, que tem uma sensibilidade extraordinária e que ajudou o meu filho a ser a criança feliz e confiante que é! Nunca lhe poderei agradecer o suficiente pelo que fez pelo meu e por tantas outras crianças!

    • Raquel Portela
    • Médica Veterinária
  • O Karaté é uma arte marcial á qual me foi desafiado a participar á 3 anos atrás. Levei este desafio com bom agrado, após isso nunca mais parei. No karaté procuro encontrar o equilíbrio entre o corpo, a mente e o espirito, de maneira a ser uma pessoa melhor. Como tal, no Karaté não só se formam campeões, mas sobretudo pessoas. O karaté dá-me tranquilidade, autocontrolo, autoconfiança, e reduz-me o stress do dia-a-dia.

    Pertenço a uma associação juvenil de Karaté (AJKP) onde dou o meu contributo e apoio para aperfeiçoar o caracter de nós praticantes, usufruindo assim de experiências que elevam o meu desenvolvimento pessoal. Nesta associação criam-se laços de amizades verdadeiras que servem de apoio para ultrapassar barreiras e alcançar objectivos ao longo da vida.

    De maneira a transmitir os ensinamentos do karaté, é necessário um verdadeiro líder, mestre Sensei Ferreira, assim como os outros senseis, que têm levado esta associação a um alto nível, á qual deixo aqui o meu agradecimento.

    A distância entre o dojo, onde pratico karaté, e o local onde moro/trabalho é grande, mas apesar de essa distancia ser demasiado longa isso não me impede de fazer o que mais gosto, praticar Karaté.

    Quero deixar a minha mensagem, sejam felizes.

    Obrigado a todos.

    • Valdemar Pires
    • Engenheiro Industrial
  • O meu nome é Sara Rodrigues, tenho 18 anos e pratico karaté á 11 anos. É um desporto que acompanhou o crescimento ao longo destes anos e contribuiu de forma impactante para o meu desenvolvimento físico e pessoal.

    De facto, quando iniciei esta pratica nunca imaginei que me poderia trazer tantos benefícios e, principalmente, um sentimento de paixão por esta modalidade tão enriquecedora.
    Foi, sem dúvida um sentimento desenvolvido ao longo deste tempo devido, não só, aos conhecimentos e novas experiencias adquiridas, mas também a quem me proporcionou todo este conjunto de aprendizagens que certamente levarei para a vida.

    Merece um especial destaque o meu Sensei que, além de excelente treinador, é um amigo e conselheiro que nenhum atleta quer perder. Foi ele que me incutiu o tal sentimento de paixão pelo Karaté, contribuindo para o meu desenvolvimento enquanto pessoa através do seu carinho, persistência e dedicação.

    Os treinos são extremamente enriquecedores, reforçam a repetição, a persistência, a adaptação a novas realidades e, principalmente, ensina o atleta a nunca desistir, a lutar pelos objectivos, algo extremamente importante e imprescindível no crescimento do atleta na modalidade e na vida pessoal.

    Resumidamente, o Karaté é algo já intrínseco no meu dia-a-dia e com um grande valor como tal, só tenho de agradecer ao meu Sensei por ter possibilitado que o Karaté se tornasse numa paixão.
     

    • Sara Rodrigues
    • Estudante
  • Tendo sido um atleta com formação juvenil desportiva ligada ao futebol  e atualmente como praticante de karaté, consegui desde logo perceber várias diferenças entre os respetivos desportos, sendo que os mais relevantes se apresentam ao nível da disciplina e do controlo.

    Como praticante de karaté, este desporto, para além de me permitir a manutenção da forma física de acordo com a minha própria condição, permite-me também uma maior confiança nas minhas capacidades de autodefesa, através da aprendizagem de técnicas efetivas imprescindíveis no exercício da minha profissão de agente de autoridade e que se traduz diariamente numa postura mais serena face à adversidade.

    Enquanto espetador  de Karaté, veio ao encontro daquilo que considero como deve ser vivido  o desporto, uma convivência entre indivíduos, adversários mas não inimigos, o que atualmente é difícil noutras modalidades.
     
     

    • Alberto Freitas
    • Polícia de Segurança Pública
  • O Karaté tem a capacidade de nos fazer acreditar em nós.

    Nos últimos tempos, começo cada vez a acreditar mais que evoluir é o caminho, é o objetivo principal da nossa vida e o Karaté ajuda-nos a fazê-lo, em vários aspetos até. É uma arte marcial que tem imensas componentes, há a progressão a nível físico, há uma vertente filosófica construída por vários mestres, há um todo caráter espiritual que tem o poder de nos acalmar, purificar e até, no meu caso, faz esmorecer toda a importância dos problemas do meu quotidiano.

    Este meu percurso de aprendizagem de Karaté começou á cerca de um ano e meio, desde lá aprendi a acreditar mais em mim, a desenvolver um gosto pela espiritualidade, a conhecer o meu corpo, e assim desenvolvo um Karaté mais personalizado, é como se ele fosse á minha medida. 

    Consigo encontrar a paz, consigo esquecer por momentos as minhas inseguranças e os limites que existem na minha mente, consigo rodear-me de esperança.
    Desde a primeira vez que estive num evento com a família AJKP, apercebi-me da união e cumplicidade que eles possuíam e senti-me muito feliz por poder fazer parte de algo tão raro e especial.

    Por todas estas razões, sinto-me realizada, grata e muito contente por ter encontrado o Karaté e estes companheiros da AJKP.

    • Francisca Moura
    • Estudante
  • Tive a sorte de iniciar o meu caminho como karateca há 9 anos atrás, um caminho percorrido sobre valores característicos de uma cultura de respeito, honra e dignidade. Quando iniciei, encontrava-me na complicada fase de transição da adolescência para a vida adulta, e hoje, olhando para trás, percebo o quão importante o Karaté foi nesta fase. O ambiente de treino, criado por um grupo que, orientado pelo Sensei Filipe, funciona como uma verdadeira família, foi propício ao meu desenvolvimento pessoal, atlético e emocional, criando ainda em mim a disciplina necessária para a minha formação académica e profissional. O karaté é hoje um pilar da minha vida, a AJKP uma segunda família, e o motivo pelo qual considero hoje levar um estilo de vida saudável.

    • Tiago Marques
    • Advogado
  • À primeira vista e aos olhos de uma pessoa comum, o Karaté é visto como uma arte marcial de autodefesa e como uma modalidade de desporto de competição. É um desporto que nos promove o bem-estar físico e proporciona-nos um estilo de vida mais saudável. Para mim, como praticante, vejo-a também de forma diferente. É obvio que a parte desportiva e marcial está lá, mas esta arte tem um impacto enorme ao nível societário e pessoal. Ser karateca é aprender todos os dias grandes valores, como o carater, a determinação, a persistência e o equilíbrio com a vida.  

    Desde muito cedo que me ajudou no desenvolvimento do meu carater, promovendo o meu sentido de autoconhecimento, valorizando-me como boa pessoa, bom estudante e um profissional exemplar. Mostrou que se deve respeitar o próximo e esconder o nosso sentido de agressão. Todo o ser humano tem esse sentido, agora o difícil é controla-lo. Proporciona-me dar e receber conhecimento ao mesmo tempo, quando participo nos cursos e estágios de formação.

    Quando era mais jovem, tinha grandes complexos por ser um rapaz “gordinho” o que dificultou a minha integração na escola. Esse foi um dos grandes motivos, pelos quais meus pais me colocarem no karaté. Confesso que inicialmente não queria, pois só olhava para o futebol. O que é certo é que nesse momento da minha vida, precisava de aumentar a minha autoestima, criar hábitos de vida saudável, assim como um espirito de esforço para conseguir alcançar os meus objetivos. Hoje em dia é muito importante que os indivíduos tenham esse espirito, pois nos dias de hoje, o mundo é bastante competitivo a nível profissional e pessoal. Na minha opinião, os jovens têm perdido esse espirito e desistem facilmente a primeira dificuldade que aparece, perdendo-se e distanciando-se de valores importantes.
    O Karaté incute o respeito e ajuda-me a ser uma pessoa equilibrada em vários momentos da minha vida. A minha vida profissional é bastante agitada e muito stressante, e para poder dar resposta ás minhas tarefas, tenho que ser organizado, calmo e sereno. Esta arte proporciona-me isso. Quando saio do trabalho e me encontro no dojo, sinto a paz e a calma a fazer um kata, como de seguida já me sinto determinado e concentrado num Khion kumite.

    Além disto tudo, esta arte mostrou-me todos os dias o caminho do otimismo e a acreditar que posso ser melhor todos os dias, e não me deixa cair no negativismo. Posso dar um exemplo bem recente. Eu e a minha esposa, queríamos muito ter um filho, contudo não foi muito fácil. Passaram alguns anos de várias tentativas e nada. Muitas das vezes chegava a casa e via a minha esposa triste. Tinha que ser forte e passar-lhe otimismo, mas eu próprio não conseguia. Sentia que precisava de ajuda e lembrei-me dos tempos do karaté, onde me sentia bastante bem. Decidi voltar, contra a vontade da minha esposa. Não consigo dizer a 100% que foi o Karaté que me proporcionou isso, mas sem duvida que me ajudou. Deu-me uma força incrível e ajudou-me a descarregar a minha tristeza. Fez-me sentir otimista e alegre, conseguindo assim ajudar também nesse campo a minha companheira. O que é certo é que passado um ano, conseguimos. Hoje tenho um filho incrível e no qual me sinto felicíssimo e a minha esposa respeita o meu gosto por esta arte, compreendendo o porquê de eu ter que ir ao meu treino durante a semana e participar em alguns eventos.

    Em suma e como referi acima, é legitimo gostarmos do Karaté como uma arte marcial, mas o que encontramos quando a praticamos, é muito mais que um simples deporto que nos proporciona atividade física. Para mim é um estilo de vida!

    • Jorge Silva
    • Gestor de Compras

Deixar testemunho

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço. Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies.
Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.